Entrada e Saída | Input e Output | I/O

 

O modo Entrada/Saída concebe todas as maneiras como o computador se comunica com os usuários e outras máquinas ou dispositivos. Os dispositivos de entrada aceitam dados e instruções do usuário. Os dispositivos de saída retornam os dados processados (informações de volta ao usuário). Sem Entrada/Saída, o computador ficaria isolado do mundo, não conseguiria receber instruções. Mas mesmo que tivesse instruções permanentemente inseridas em sua memória, não teria como comunicar os resultados do trabalho já executado.

 

 

Ao longo dos anos, os dispositivos de entrada foram construídos de muitas formas, para várias finalidades especiais.

Os presentes dispositivos de entrada são mais fáceis de trabalhar, do que os típicos dispositivos de entrada de há duas décadas atrás. Nessa época, os computadores só eram capazes de ter informações em cartões perfurados criados em uma perfuradora de cartões especial. Enormes pilhas desses cartões eram carregadas para um dispositivo, chamada leitora de cartões, ligado ao computador. O computador examinava cada cartão e carregava as informações (dados) para a sua memória electrónica. Se um desses cartões tivesse sido perfurado incorrectamente ou se estivesse fora de ordem, o operador tinha de examinar toda a pilha manualmente, solucionar o problema e começar tudo de novo. Os dispositivos de entrada actuais são muito mais acessíveis e práticos que se adoptam a diversas funções.

A função de saída á apresentar dados processados (informações) ao usuário. O computador envia a saída para o monitor quando o usuário só precisa de ver os dados na tela. Os sistemas de multimédia possuem alto-falantes estéreos como dispositivos de saída adicionais.

A qualidade dos resultados produzidos pelos computadores melhorou visivelmente ao longo dos anos. As primeiras telas só exibiam uma cor, geralmente verde ou âmbar, em fundo preto, e só conseguiam representar caracteres alfabéticos, sinais de pontuação e algarismos. Agora os monitores são capazes de exibir qualquer forma ou símbolo, em virtualmente qualquer cor. As impressoras também progrediram muito na sua capacidade de reproduzir gráficos coloridos e criar tipos nítidos e legíveis suficientes para publicações profissionais.

A presente descrição refere-se ao modo como os computadores comunicam com as pessoas, mas também existe um outro tipo importante de Entrada/Saída. O computador também precisa comunicar-se com outros dispositivos e máquinas. Embora esse processo não seja normalmente visível ao usuário. É importante compreender que a capacidade d comunicação com os outros dispositivos é uma função fundamental dos computadores.

 

 

Velocidade de transferência de dados varia muito para cada dispositivo I/O.

Muito lento: teclado, mouse;

Muito rápido: gráficos escritos no monitor, discos, interfaces de redes;

io.gif

 

(work)
Entrada e Saída